top of page
  • Foto do escritorThaís Biancatti

Primeiro de Maio, um marco na história dos trabalhadores

No Blog Vida na BDC de hoje, Thaís Biancatti, Analista de Marketing, traz em seu artigo a história do dia 1º de Maio, como ele surgiu, as lutas e desafios que foram enfrentados ao longo dos anos, tanto no Brasil, quanto em outros países, até chegar à data comemorativa do Dia do Trabalhador que conhecemos hoje. Entenda mais sobre este assunto e boa leitura!



--------------------------------




Dia do Trabalhador, feriado, dia de descanso, dia de festa. É dessa forma que enxergamos 1º de maio, e não, não estamos errados, pois foi desta forma que ele foi sendo esculpido ao longo dos anos. No entanto, há muita história de luta por trás da data, que, ainda que seja um dia para se comemorar, é importante saber o porquê da comemoração.


O marco surgiu decorrente dos movimentos trabalhistas que ocorreram em Chicago, nos Estados Unidos, no final do século XIX. Esses movimentos reivindicavam melhorias para os trabalhadores, que na época tinham cargas horárias de trabalho excessivas, salários baixos, pouca segurança em seus ambientes de trabalho e sem direito a descansos semanais e férias.


Protestos e greves gerais ocorreram em 1º de maio e seguiram por outros dias, mas foi no dia 4 de maio, durante a manifestação que ocorria na Praça Haymarket que o movimento ganhou maior notoriedade. Uma bomba foi jogada e explodiu em meio aos manifestantes e policiais, ferindo e matando inúmeras pessoas. Após a explosão, a polícia iniciou uma onda de disparos contra os protestantes, o que resultou em outras dezenas de mortes. Como a greve teve início no dia 1º, esta data ficou marcada como memória das reivindicações dos trabalhadores e às mortes na Praça Haymarket. Após o ocorrido, diversos países adotaram a data como símbolo da luta da classe operária e passaram a se manifestar e homenagear os trabalhadores que perderam a vida em prol de seus direitos.


(Imagem de reprodução da manifestação na Praça Haymarket)


No Brasil, há indícios de protestos no fim do século XIX, mas foi somente em 1917 que houve a grande Greve Geral, que chamou a atenção do Estado e foi o estopim para que os trabalhadores começassem a demonstrar sua força e criar outras manifestações ao longo dos anos, também em busca de melhores condições de trabalho. Em 1923, o então presidente do Brasil, Artur Bernardes, a fim de apaziguar e contornar os protestos, deu início a leis que passaram a cobrir os trabalhadores com maiores direitos. A instauração do feriado aconteceu durante seu governo, em 1924.


(Foto da manifestação da Greve Geral no Brasil)


Já na Era Vargas, foram implantadas diversas leis trabalhistas, que buscavam – à primeira vista – a melhoria para os trabalhadores. De fato, as leis foram aplicadas, mas Getúlio apropriou-se da data, dando outro sentido a ela. A ideia era aos poucos fazer com que o 1º de maio deixasse de ser associado às lutas e manifestações dos trabalhadores, mas sim englobá-la ao Estado. Ele puxou para si o protagonismo da data, se posicionando como o “pai” dos direitos trabalhistas e transformou o dia num feriado festivo e com comemorações, buscando domar os trabalhadores, sindicatos e manifestantes.


Ao longo dos anos, a data realmente passou a ser vista e lembrada muito mais como uma comemoração do que assimilada às diversas lutas e desafios que ocorreram no passado. Hoje, graças àqueles que se manifestaram, temos nossos direitos garantidos, benefícios enquanto trabalhadores e razões para enxergar esse dia como um dia de descanso e comemoração. É importante lembrar, contudo, que essas vitórias foram conquistadas através de muita batalha e suor.


(Imagem ilustrativa da comemoração ao 1º de Maio)


Dito isso, vamos comemorar o Dia do Trabalhador e não do trabalho, pois é a nós que 1º de maio se destina. Deixo aqui uma homenagem a todos que fizeram parte desta luta e aos que continuam fazendo.


Por fim, não podemos deixar de felicitar, nesta data tão importante, todos os biggers, que diariamente se dispõem a evoluírem em prol da empresa e de suas carreiras. Somos um time que merece o reconhecimento, dentro de uma empresa que nos reconhece e nos valoriza de verdade, tanto como profissionais, quanto como pessoas. Aqui vai um agradecimento a todos que estão juntos nessa caminhada! #GoBiggers




>> Quer fazer parte do time?

Confira as vagas disponíveis, siga nosso Instagram de carreiras e junte-se à nós!


30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page