top of page
  • Foto do escritorPablo Adriano

Consciência Negra: fique por dentro!

No artigo desta semana, Pablo Adriano, Designer, traz dicas de personalidades marcantes do movimento negro, indicação de produções audiovisuais e musicais que abordam o tema, além de falar um pouco sobre sua origem nas raízes e cultura do povo negro. Boa leitura!



--------------------------------



A história do povo negro é marcada mundialmente por lutas e resistências. Enfrentando um sistema colonialista, escravocrata e eurocentrista que deixou marcas profundas de exclusão, segregação e preconceito até os dias de hoje.


O Dia da Consciência Negra serve para refletir e dar luz a história daqueles que tiveram suas vidas acorrentadas no passado e para homenagear o legado de todo artista, político, ativista, escritor e demais que lutaram pela inserção de pessoas pretas. Por isso, compartilho neste artigo algumas personalidades, filmes, séries, livros e dicas da comunidade negra, que é extremamente rica em cultura e diversa em talento.


Personalidades do movimento negro


Muitas personalidades negras marcaram a história, sendo elas as peças principais na construção de sociedades, culturas, estilos musicais, moda, culinária, artes visuais, políticas de inclusão e etc. Aqui estão exemplos de alguns deles:


Zumbi dos Palmares



Zumbi e sua esposa Dandara são ícones do movimento negro. Ele foi um líder do Quilombo dos Palmares, um refúgio de pessoas fugidas da escravidão no Brasil colonial. Nasceu livre em Palmares, mas foi capturado na infância e, posteriormente, escapou. Tornou-se líder do quilombo, resistindo contra as investidas coloniais. Zumbi foi morto em 1695, se tornando símbolo da resistência negra e da luta contra a escravidão no país, e é por causa dele que comemoramos o Dia da Consciência Negra em 20 de novembro.


Carolina de Jesus



Carolina de Jesus foi uma escritora, compositora e poetisa brasileira, e ficou conhecida por seu livro “Quarto de Despejo: Diário de uma favelada”. Ela foi uma das primeiras escritoras negras do Brasil e é lembrada também como uma forte figura do feminismo negro.


Elza Soares



Dona de uma das vozes mais peculiares do Brasil, Elza Soares teve uma vida dura marcada por agressão domiciliar e demais abusos, porém cantou até o fim, deixando um legado repleto de obras. Ela fez o primeiro teste para a Rádio Tupi em 1953, no show de calouros do famoso Ary Barroso, e ficou em primeiro lugar. A BBC elegeu, em 2000, Elza Soares como a melhor cantora do mundo.


Marielle Franco



Marielle Franco foi uma ativista de direitos humanos, socióloga e política brasileira, destacou-se por sua atuação como vereadora no Rio de Janeiro e por sua defesa incansável dos direitos das mulheres, negros e moradores de favelas. Marielle foi brutalmente assassinada em março de 2018, tornando-se um símbolo global da luta contra a violência política e a desigualdade social. Sua morte gerou comoção internacional e reforçou a necessidade de se combater a violência e a impunidade no Brasil.


Arte da comunidade negra


A cultura negra é extraordinariamente rica em obras que abrangem música, arte, literatura, dança e mais. Essas obras frequentemente exploram a experiência negra, destacando a resiliência, a espiritualidade e as lutas por justiça, contribuindo significativamente para o cenário cultural mundial.


Filme: 12 anos de escravidão (2014)



"12 Anos de Escravidão" (2014) é um filme impactante que contribui significativamente para a história do movimento negro ao retratar de maneira intensa e realista a brutalidade da escravidão. Ao narrar a história de Solomon Northup, um homem negro livre que é sequestrado e vendido como escravo, o filme oferece uma poderosa visão sobre as atrocidades do sistema escravagista. Ele destaca a resiliência e a luta pela liberdade, contribuindo para a conscientização sobre as injustiças históricas enfrentadas pelo povo negro e promovendo diálogos importantes sobre a herança do racismo.


Outras obras visuais importantes:


  • A Cor Púrpura (1985)

  • Moonlight: Sob a Luz do Luar (2016)

  • Dear White People (2017/2021)

  • Atlanta (2016)

  • Cidade de Deus (2002)

  • Ó, Pai, ó (2017)

  • Que horas ela volta? (2015)

  • Irmandade (2019)

  • Medida Provisória (2020)


Álbum: Lemonade - Beyoncé



Lemonade é o sexto álbum de estúdio da Beyoncé. O seu lançamento ocorreu em 23 de abril de 2016. O álbum "Lemonade" aborda temas como identidade racial, empoderamento feminino e a experiência negra nos Estados Unidos, mergulhando nas raízes africanas da cultura negra, destacando a importância da herança e identidade negra. Sendo uma obra visual que combina música, poesia e elementos cinematográficos para contar uma narrativa complexa.


Outras obras musicais importantes:


  • Clube de Esquina - Milton Nascimento

  • Getz/Gilberto - Gilberto Gil

  • Cru - Seu Jorge

  • Deus é Mulher - Elza Soares

  • Goela Abaixo - Liniker

  • Olhos Coloridos - Sandra Sá


Vale a pena conhecer: Cidade de Paracatu, Minas Gerais



Para finalizar, trago uma dica de lugar para conhecer. Decidi trazer a cidade de Paracatu, onde nasci e cresci até meus 18 anos. Sendo descendente direto de quilombolas, o artesanato sempre esteve nas veias da minha família e a vivência do povo negro sempre foi minha realidade. A Caretagem é uma manifestação cultural em forma de dança da qual meu avô e sua família participavam, sendo uma grande característica cultural da região, tendo reconhecimento internacional atualmente.


Paracatu, localizada no estado de Minas Gerais, Brasil, tem uma relevância histórica significativa para a comunidade negra. Durante o período colonial e imperial, a região foi marcada pela presença de quilombos, comunidades formadas por pessoas escravizadas que buscavam a liberdade.


Ao longo do tempo, a presença negra em Paracatu contribuiu para a formação cultural e social da cidade. A história de resistência e luta pela liberdade no contexto dos quilombos é uma parte crucial do legado da comunidade negra em Paracatu, refletindo a importância da preservação da memória e da valorização da diversidade cultural na região.



Para conhecer mais sobre o Dia da Consciência Negra, seu contexto histórico, os impactos do racismo até os dias atuais, e conferir mais dicas, acesse o Manual Antirracista Bigger!




>> Quer fazer parte do time?

Confira as vagas disponíveis, siga nosso Instagram de carreiras e junte-se à nós!


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Yorumlar


bottom of page